18/03/2021

Delegado explica dois golpes comuns envolvendo perfis falsos em redes sociais


 O delegado da Polícia Civil, Allan Murilo, comentou, em entrevista à CBN FM, que a polícia tem registrado algumas ocorrências de golpes envolvendo perfis falsos nas redes sociais com o objetivo de pedir dinheiro.


De acordo com ele, os criminosos estão criando esses perfis com figuras de advogados, juízes, médicos, dentre outras autoridades e/ou pessoas públicas, e adicionando uma rede de contatos.


Em dos comuns golpes, eles entram em contato com esses contatos das pessoas retratadas nesses perfis, normalmente familiares e amigos, e por conta da relação de afeto pedem depósitos ou transferências bancárias de valores informando uma suposta emergência.


“A segunda modalidade diz respeito à atividade profissional daquele perfil falso que está sendo utilizado, como por exemplo de um delegado de polícia, a pessoa diz que existe um mandado de prisão que foi expedido em desfavor de quem está recebendo o contato e se a pessoa não depositar determinado valor a justiça, ela vai ser presa”, exemplificou.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe aqui seu comentário