12/02/2021

Ministério da Agricultura autoriza pagamento do garantia-safra para 14 municípios do Cariri


 Mais de cinquenta Municípios da Paraíba irão receber o seguro do Garantia-Safra até o final deste mês.


A portaria publicada pelo Ministério da Agricultura Pecuária e Abastecimento (Mapa), autoriza o pagamento do benefício que é pago a eles quando o município onde moram comprovar perda de, pelo mesmo, 50% da produção agrícola.


Atualmente e diante do cenário imposto em relação à Covid-19, será mantida, de forma excepcional, a antecipação do pagamento das parcelas do benefício Garantia-Safra, na safra 2019/2020. O pagamento será feito integralmente em parcela única de R$ 850.


Neste mês, na Paraíba, receberão o pagamento agricultores de 58 Municípios. O seguro é resultado da parceria entre governo federal, governo estadual, municípios e agricultores que aderem ao Programa. O governo da Paraíba pagou de contrapartida ao governo federal o montante de cinco milhões quatrocentos e setenta e sete mil e seiscentos e quatro reais. (5.477,604,00).


O Garantia-Safra tem como objetivo garantir a segurança alimentar de agricultores familiares que vivem em regiões sistematicamente com estiagem ou enchente, levando à perda da safra.


Têm direito a receber o benefício os agricultores com renda mensal de até um salário mínimo e meio, quando tiverem perdas de produção igual ou superior a 50%. O Garantia-Safra é disponibilizado obedecendo o calendário de pagamento dos benefícios sociais.


Na Paraíba, nos meses de janeiro e até o final de fevereiro mais de 70 Municípios estão contemplados com o pagamento aos agricultores. Segue a relação dos municípios aptos a receberem neste mês.


Cabaceiras, Camalaú, Caturité, Monteiro, Prata, São Domingos do Cariri, São João do Cariri, São João do Tigre, São Sebastião do Umbuzeiro, Taperoá e Zabelê.


O início do pagamento está previsto para no corrente mês de fevereiro, com datas ainda a serem definidas pelo calendário de pagamento de benefícios sociais da Caixa Econômica Federal.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe aqui seu comentário