15/09/2020

Record reage contra denúncias envolvendo Universal e ataca a Globo


 Um dia depois do Jornal Nacional, da Globo, citar a Igreja Universal ao noticiar as apurações do Ministério Público do Rio de Janeiro (MP-RJ) sobre o prefeito Marcelo Crivella (Republicanos), a Record decidiu reagir e atacar a concorrente.


No Domingo Espetacular, a emissora apontou uma nota de repúdio em que afirmou ser acusada, sem provas, pela rival. “A Globo apresentou sem provas um suposto esquema de lavagem de dinheiro envolvendo a instituição e a prefeitura da capital fluminense”, destacou Carolina Ferraz.


Em seguida, a Record exibiu uma reportagem de mais de 10 minutos em defesa da igreja fundada por Edir Macedo. “Acusação contra uma instituição que há décadas sofre perseguição religiosa”, disse a matéria, que conversou com o bispo Renato Cardoso, atual responsável pela Universal no Brasil.


A reportagem do Domingo Espetacular ainda entrevistou advogados, cientistas políticos e analistas, que criticaram o vazamento de informações para o canal carioca. Ela também lembrou da recente citação da família Marinho em depoimento de Dário Messer, o que, segundo o canal paulista, teria motivado a acusação contra a Universal.


A briga entre a instituição evangélica com a Globo é antiga e sempre acaba sendo reforçada por conta da ligação entre Universal e Record, sua concorrente na audiência.





Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe aqui seu comentário