22/04/2020

Incentivador das atividades escolares online, Presidente da Câmara Cajó pede que escolas utilizem esta ferramenta e não voltem às aulas presenciais nas próximas semanas

Preocupado com os efeitos da pandemia do novo coronavírus, o vereador e Presidente da Câmara Municipal de Monteiro Cajó Menezes já havia sugerido, inclusive através de requerimento, que todas as escolas de Monteiro trabalhassem juntas e de forma remota pela internet, por meio de ambientes virtuais de aprendizagem.

Inclusive, a rede municipal de ensino já implantou este sistema exatamente desde o início da fase mais crítica do isolamento social.

Cajó parabenizou a todos que fazem a rede municipal de ensino e aproveitou para solicitar que as escolas particulares que atuam em Monteiro e que ainda não estejam usando esse meio ou plataforma de sistema, que passem a utilizar.

“A suspensão temporária de aulas presenciais é uma tentativa de minimizar a propagação da epidemia de coronavírus e reduzir o risco de contágio e proliferação do vírus entre professores e alunos. Por isto estamos sugerindo que todas as escolas de Monteiro, trabalhem juntas e de forma remota pela internet, por meio de ambientes virtuais de aprendizagem”, ressaltou.

O vereador também fez um apelo efetivo para que as aulas presenciais não voltem nas próximas semanas.

“Estamos acompanhando as informações sobre as possibilidades que estão sendo estudadas. Peço encarecidamente aos diretores de instituições particulares de ensino, e à secretaria de educação do estado e do município que não retomem as aulas nas próximas semanas”, solicitou.

“Entendemos todos os posicionamentos em relação ao assunto, mas é a vida de nossas crianças, jovens e adolescentes que está em questão. Então espero que todas as decisões sejam tomadas de forma que se coloque a proteção destes alunos em primeiríssimo lugar, e estaremos participando de forma atuante do debate em torno destas decisões.”, completou.

ASCOM

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe aqui seu comentário