23/01/2020

Vacina contra HPV tem baixa procura, e governo reforça importância da prevenção

A vacina contra HPV – vírus que infecta pele ou mucosas (oral, genital ou anal), tanto de homens quanto de mulheres, provocando verrugas anogenitais (região genital e no ânus) e câncer – está com baixa procura na Paraíba e a Secretaria de Estado da Saúde (SES) reforça a importância da prevenção.
A vacina contra HPV é aplicada em duas doses em meninos, de 11 a 14 anos, e em meninas, de 9 a 14 anos. Faz parte da vacinação de rotina, com as doses disponíveis nas Unidades de Saúde da Família, em todos os 223 municípios, diariamente, o ano inteiro.