03/12/2019

Expo Monteiro 2019 é sucesso e tem recorde de público registrado

Cerca de 16 mil pessoas circularam nas dependências do Parque de Eventos de Monteiro durante os três dias da Expo Monteiro 2019 – Exposição de Animais de Monteiro, que foi encerrada oficialmente nanoite do último sábado, 29.
Esse ano a novidade ficou por conta da programação cultural que integrou o evento, contando no primeiro dia com o Festival de Violeiros  Pinto de Monteiro com um público de quase 3.00 pessoas. Já na sexta-feira, que trouxe ao palco a dupla Genildo e Ginaldo cerca de 5 mil pessoas compareceram. A grande surpresa e recorde de público ficou a cargo do Monteirense Adriano Silva que abriu a programação musical do sábado, 30, seguido pelo reconhecido Amazan onde quase 10 mil pessoas se divertiram ao som do melhor do forró.
Os outros atrativos foram as vendas, exposição e torneio leiteiro de animais de várias raças, além das exposições de aves da raça Indio Americano, e também as capacitações oferecidas em parceria com Sebrae, Semar e Empaer com temas que variaram entre carcinocultura, leis e trabalho rural e Selo Arte para produtores artesanais de produtos de laticínio.

A Expo Monteiro foi considerada neste ano uma das maiores exposições de caprinovinocultura da Paraíba e do Nordeste, reunindo criadores de diversos estados e animais com alto padrão genético.
Segundo a prefeita Anna Lorena a exposição tem evoluido desde o seu retorno no ano de 2018 e seu acontecimento recorde em 2019, e ainda relata que a iniciativa foi além das expectativas, “ Nossa organização aponta uma evolução nos volumes de negócios feitos no município, tanto que atraiu muito mais criadores fazendo assim com que pudessemos ampliar a oferta de baias e também o poder competitivo no torneio leiteiro. Neste ano superamos nossas expectativas e pretendemos superar em 2020”.

A Expo Monteiro é promovida pela Prefeitura Municipal de Monteiro, através da Secretaria de Agricultura a de Cultura, com o apoio da Secretaria de Infraestrutura e em parceria com o Sebrae, Governo do Estado, Empaer e Semar/Faepa.