24/01/2019

Entenda como funciona golpe do WhatsApp e saiba se proteger

Uma jornalista de João Pessoa foi vítima do golpe do WhatsApp, no qual bandidos pedem dados pessoais ou quantias em dinheiro, enganando amigos ou familiares. Essa modalidade de crime já foi alertada por autoridades, mas segue fazendo vítimas na Paraíba.

A jornalista disse ao Portal Correio que registrou boletim de ocorrência na delegacia, nesta quarta-feira (23), relatando que um desconhecido estava se passando por ela e tentando enganar outras pessoas via contatos do WhatsApp.

Com o telefone (11) 96511-8975, o suspeito entrou em contato com conhecidos da jornalista pelo aplicativo de mensagens, dizendo que precisava de dinheiro emprestado. Veja abaixo o trecho da conversa e entenda como funciona, para se proteger. O crime de estelionato deverá ser investigado pela polícia.


Golpe

No começo de janeiro deste ano, o Portal Correio trouxe abordagem sobre crimes envolvendo números de telefone e WhatsApp. Na época, o delegado Marcos Vasconcelos disse que quatro pessoas já tinham sido vítimas de casos desse tipo em João Pessoa. Nesta quarta-feira (23), ele foi procurado para atualizar as informações, mas os telefones não foram atendidos até o fechamento desta matéria.

Na publicação, ele falou que não podia adiantar detalhes das investigações para não haver prejuízos na busca por suspeitos, mas deu uma orientação geral à população sobre crimes como esse.
“A princípio, registra um boletim de ocorrência que a Delegacia de Defraudações vai investigar. Quanto mais informações tivermos, teremos mais chances de chegar aos criminosos”.

  ©Flaviano Torres - Todos os direitos reservados.

Template by Dicas Blogger | Topo